A democratização do gênero das palavras em francês

Existem algumas palavras em francês que só existem no gênero masculino. Isso acontece com muita frequência para algumas profissões, por exemplo, que antigamente eram exclusivamente reservadas ao gênero masculino, já que muitas mulheres viam seus direitos restringidos.

Então assim em francês existe apenas a palavra “le professeur  por exemplo, mesmo se o professor em questão for uma mulher. Para poder deixar claro que se trata de uma mulher teria que colocar algo na frase que especifique isso: 

« Mon professeur est une femme très intelligente »  (o meu professor é uma mulher muito inteligente).  Mas não poderíamos dizer «  mon professeur est très intelligente » pois necessitamos o acordo de gênero nesse caso. 

Bem, digamos que isso ainda não é aceito  formalmente pela academia francesa de letras, onde ainda teria- se que dizer por exemplo : « Madame Dubois est professeur de piano » (senhora Dubois é professora de piano). Porém, agora que as mulheres têm um papel mais dinâmico na sociedade do trabalho fora de casa, vemos cada vez mais tentativas de mudar a linguagem e feminizar algumas palavras, como por exemplo, professeure, professeuse, professeresse. Ainda não existe consenso na palavra mais adequada, então acaba que a mais usada pela sociedade é geralmente a mais aceita na linguagem do dia a dia.

Mas algumas ferramentas online bem conceituadas, como o Larousse en ligne, por exemplo, autorizam o uso de professeur e professeure. Outros neologismos cada vez mais aceitos na linguagem são la ministre (a ministra), la présidente (a presidenta), l’écrivaine (a escritora), etc.

No entanto ainda existem palavras que continuam a serem usadas exclusivamente no gênero masculino, como ingénieur (engenheiro), juge (juiz), mannequin (manequim), architecte (arquiteto), cadre (quadro), commissaire (comissário), peintre (pintor), diplomate (diplomata), médecin (médico).

As palavras que terminam com “e” (como peintre, cadre, juge, etc) parecem se adequar tanto para o masculino como para o feminino e serem aceitas para ambos os gêneros, já que muitas vezes o feminino se caracteriza pela adição de um “e” no final da palavra em francês. Você já deve ter visto isso enquanto estava aprendendo francês online, como por exemplo: chien e chienne (cachorro e cachorra), ami e amie (amigo e amiga), ou dernier e dernière (último e última).

E para terminar, vale ressaltar que a exclusividade de gênero não existe somente no contexto profissional, mas também em outros contextos. Outras palavras que são usadas unicamente no gênero masculino são : gourmet, imposteur (impostor), chef (chefe), témoin (testemunha), vainqueur (vencedor), usager (usuário), entre outras. A origem dessa « regra » não parece tão óbvia quanto às palavras relacionadas a profissão. Pode haver outros motivos. Como também existem palavras exclusivamente femininas, como altesse (alteza), canaille (canalha), idole (ídola), personne (pessoa), victime (vítima), etc. 

Veja a seguir alguns exemplos do uso dessas palavras: 

Mon médecin est une femme brillante
A minha médica é uma mulher brilhante
Elle est ingénieur dans une centrale nucléaire
Ela é engenheira em uma central nuclear
Levez-vous pour que Madame le juge puisse entrer dans la salle
Levantem-se para que a senhora juíza possa entrar na sala
Barbara est un auteur apprécié par les enfants
Bárbara é uma autora apreciada pelas crianças
Elle avait été le témoin de l’accident
Ela tinha sido a testemunha do acidente
Où est la personne responsable de cet acte merveilleux? Elle est là, c’est un jeune-homme de 24 ans.
Onde está a pessoa responsável por esse ato maravilhoso? Ela está aqui, é um jovem homem de 24 anos.

Cadastre-se para receber o Resumão de Francês com novos conteúdos como este todas as semanas

Alternative Text
Linda Scoriels é francesa e teve duas experiências no Brasil (uma na infância e outra mais recente) que fizeram que conhecesse tão bem a língua e a cultura francesa quanto a brasileira. PhD em neurociências cognitivas, ela atua em pesquisa e docência sobre estratégias de aprendizado e memória, duas funções cognitivas essenciais para o seu aprendizado em francês.

FALE CONOSCO

Envie uma mensagem agora:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

CADASTRE-SE NO CURSO GRATUITO

Ao se cadastrar você receberá inteiramente grátis o nosso curso de francês por e-mail. Comece agora mesmo a estudar francês de verdade!
>