“Jogar-se de cabeça”

Às vezes não pensamos ou refletimos demais sobre algo e nos “jogamos de cabeça”, nos aventuramos sem necessariamente medir as consequências. Na França, existe quase a mesma expressão idiomática: “se jeter la tête la première” (literalmente: jogar a cabeça primeiro), ou “y aller la tête baissée” (ir com a cabeça baixa) e s’aventurer (se aventurar) frente ao desconhecido.

Também podemos usar outra expressão idiomática:  “à corps perdu” (literalmente: a corpo perdido) que tem esse sentido de atirar-se de cabeça, e também de entregar-se totalmente, corpo e alma, com toda sua energia, sem nenhuma restrição, de maneira quase desesperada.

“À corps perdu” também é o nome de um filme Suíço de 1988 sobre um fotógrafo que se joga de cabeça em um relacionamento com um surdo e mudo, após ter vivenciado a guerra e uma ruptura amorosa dolorosa. Encontramos essa expressão também em uma música de Grégory Lemarchal que fala em aventurar-se e jogar-se de cabeça nas experiências da vida, já que nada é certo e que não há esperança.

Veja a seguir algumas frases com essas expressões:

“[Je pars] à corps perdu, ivre et sans fard, pour n’être plus le pantin d’un espoir”
“Eu me entrego totalmente, bêbado e sem rumo, para não ser mais o fantoche da esperança”
Assoiffée de connaissances, Elizabeth se jette à corps perdu dans les études
Sedenta de conhecimentos, Elizabeth se entrega corpo e alma para os estudos
Pierre, qui n’épargnait pas ses propres forces, se jeta tête baissée dans le travail spirituel et matériel
Pedro, que não poupava as suas forças, atirou-se de cabeça ao trabalho espiritual e material
Ne fonces pas la tête la première! Essaye de réfléchir avant!
Não se jogue de cabeça! Tente pensar antes!
Je voulais attendre avant de me lancer à corps perdu dans ce projet dont les vertues restent encore à prouver
Eu queria esperar antes de me jogar de cabeça nesse projeto cujo as virtudes ainda têm que ser provadas
Pour ne pas avoir à affronter ses collègues,  il s'est jeté la tête la première dans les rapports de stage
Para não ter que afrontar seus colegas, ele mergulhou de cabeça nos relatórios de estágio

Cadastre-se para receber o Resumão de Francês com novos conteúdos como este todas as semanas

Alternative Text
Linda Scoriels é francesa e teve duas experiências no Brasil (uma na infância e outra mais recente) que fizeram que conhecesse tão bem a língua e a cultura francesa quanto a brasileira. PhD em neurociências cognitivas, ela atua em pesquisa e docência sobre estratégias de aprendizado e memória, duas funções cognitivas essenciais para o seu aprendizado em francês.

FALE CONOSCO

Envie uma mensagem agora:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

CADASTRE-SE NO CURSO GRATUITO

Ao se cadastrar você receberá inteiramente grátis o nosso curso de francês por e-mail. Comece agora mesmo a estudar francês de verdade!
>