Les fables de la Fontaine – “Le corbeau et le renard”

Jean de la Fontaine foi um poeta e fabulista francês do século XVII. Ele escreveu sua grande obra, “Fábulas”, retratando as fraquezas humanas através de animais. Sobre a natureza da fábula declarou: “É uma pintura em que podemos encontrar nosso próprio retrato”. E no final de suas fábulas sempre encontramos uma moral que nos faz refletir sobre nossas atitudes. Aqui vai uma de suas inúmeras fábulas: “o Corvo e a raposa”.

Maître Corbeau sur un arbre perché, Tenait en son bec un fromage. Maître Renard par l’odeur alléché Lui tint à peu près ce langage :
Mestre Corvo em uma árvore empoleirado Segurava em seu bico um queijo Mestre Raposa, pelo cheiro aliciado Utilizou-lhe aproximadamente esta linguagem:
Et bonjour, Monsieur du Corbeau. Que vous êtes joli ! que vous me semblez beau ! Sans mentir, si votre ramage Se rapporte à votre plumage, Vous êtes le Phenix des hôtes de ces bois.
"Ei, bom dia, senhor corvo Como vocé é bonito! Como você me parece belo! Sem mentir, se seu canto Se compara a sua plumagem Você é o Phoenix dos hóspedes desse bosque.”
À ces mots le Corbeau ne se sent pas de joie : Et pour montrer sa belle voix, Il ouvre un large bec, laisse tomber sa proie.
A estas palavras o corvo não sente alegria E para mostrar sua bela voz Ele abre um largo bico, deixa cair sua presa
Le Renard s’en saisit, et dit : Mon bon Monsieur, Apprenez que tout flatteur Vit aux dépens de celui qui l’écoute. Cette leçon vaut bien un fromage sans doute.
A raposa a agarra, e diz: "Meu bom senhor Aprenda que todo lisonjeador Vive às custas daquele que o escuta Esta lição vale bem um queijo, sem dúvida.”
Le Corbeau honteux et confus Jura, mais un peu tard, qu’on ne l’y prendrait plus.
O Corvo, envergonhado e confuso jurou, mas um pouco tarde, que não cairia numa dessas novamente.

Cadastre-se para receber o Resumão de Francês com novos conteúdos como este todas as semanas

Alternative Text
Linda Scoriels é francesa e teve duas experiências no Brasil (uma na infância e outra mais recente) que fizeram que conhecesse tão bem a língua e a cultura francesa quanto a brasileira. PhD em neurociências cognitivas, ela atua em pesquisa e docência sobre estratégias de aprendizado e memória, duas funções cognitivas essenciais para o seu aprendizado em francês.

FALE CONOSCO

Envie uma mensagem agora:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

CADASTRE-SE NO CURSO GRATUITO

Ao se cadastrar você receberá inteiramente grátis o nosso curso de francês por e-mail. Comece agora mesmo a estudar francês de verdade!
>